Governo de Goiás e UFG criam plataforma de correção de redações focada no Enem

Tecnologia corrige redações de maneira automática e com foco nas exigências do vestibular

O Governo de Goiás e a Universidade Federal goiana criaram a “Plataforma de Correção Automática e de Ensino de Redação”. Trata-se de um novo recurso capaz de auxiliar os alunos no quesito de maior peso no Exame Nacional do Ensino Médio: a temida redação.

A ferramenta vai auxiliar os alunos da rede pública estadual na preparação para as provas do Enem, já que a nova tecnologia está preparada para corrigir os textos segundo os requisitos exigidos na prova.

A Secretaria da Educação, responsável pela execução da plataforma, também contribuiu no desenvolvimento, especialmente na parte pedagógica. A Secretaria de Desenvolvimento e Inovação (Sedi), que é responsável pelas inovações tecnológicas no Governo de Goiás, se uniu ao Centro de Excelência em Inteligência Artificial da UFG.

Os 5 critérios considerados pela plataforma são: o domínio da escrita formal da língua portuguesa; compreensão do tema; seleção, organização e interpretação de informações para a defesa de um ponto de vista; uso de mecanismos linguísticos para a construção da argumentação e respeito aos direitos humanos.

O estudante redige o texto na plataforma, que corrige automaticamente segundo os requisitos. Depois, a nota é atribuída e o professor responsável faz suas considerações ao aluno, que pode reescrever e reenviar para uma segunda avaliação. A plataforma também oferece um fórum interativo onde os estudantes podem tirar dúvidas com os professores.

Vale lembrar que o Governo de Goiás oferece aos estudantes do Ensino Médio aulas específicas para a prova de redação no programa Goiás Bem No Enem. Semanalmente, nas redes sociais do programa e no Portal Net Escola, são disponibilizadas videoaulas e dicas de especialistas para auxiliar na produção dos textos.

Todas as segundas-feiras, professores do Goiás Bem No Enem também fornecem dicas de filmes e de leituras que podem contribuir na construção da argumentação e com informações para a elaboração da redação.

Tags: