Governo inicia o pagamento do Auxílio Gás; veja quem tem direito

O primeiro pagamento será feito para pessoas residentes em 100 municípios afetados pelas chuvas nas regiões da Bahia e Minas Gerais

Começou nesta segunda (27) o pagamento do Auxílio Gás do Governo para 108.368 famílias que fazem parte do Auxílio Brasil. O valor do vale-gás será de R$ 52 e corresponde a 50% da média do preço do botijão de gás de 13kg. O pagamento será feito a cada dois meses.

Neste primeiro momento, o pagamento do benefício será apenas para pessoas residente em 100 municípios declarados em situação de calamidade devido as chuvas que atingem o estado da Bahia e Minas Gerais. Essas 108 mil famílias serão informadas pelo aplicativo do Auxílio Brasil e do Caixa Tem, recebendo o depósito na conta do programa social.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Já outras 5.471.632 famílias elegíveis ao Auxílio Gás receberão o benefício apenas no dia 18 de janeiro de 2021, seguindo o calendário regular de pagamentos do Auxílio Brasil.

O pagamento do Auxílio Gás aos brasileiros foi instituído em novembro e para 2022 terá o orçamento de R$ 1,9 bilhão. No primeiro pagamento, cerca de 5,53 milhões de famílias serão atendidas, menos da metade daqueles que recebem o Auxílio Brasil em dezembro.

Quem tem o direito ao Vale Gás Federal?

De acordo com a lei aprovada, o auxílio gás será pago para mulheres vítimas de violência, famílias cadastradas no CadÚnico e que tem um familiar que recebe o BPC – Benefício de Prestação Continuada. E mulheres responsáveis pela família.

O programa não terá inscrição e o governo irá selecionar as famílias diretamente da base de dados do CadÚnico. A seleção dos aprovados levará em conta ainda os seguintes critérios, por ordem de prioridade:

  • famílias cujo registro do CadÚnico tenha sido atualizado nos vinte e quatro meses anteriores;
  • famílias com menor renda per capita;
  • famílias com maior quantidade de membros na família;
  • famílias beneficiárias do Programa Auxílio Brasil;
  • ]famílias com cadastro qualificado pelo gestor por meio do uso dos dados da averiguação, quando disponíveis.

A lei ainda determina o pagamento, expecionalmente nos primeiros 90 dias, para famílias que seguirem as seguintes ordem:

  • beneficiárias do Programa Auxílio Brasil;
  • com menor renda per capita;
  • com maior quantidade de membros na família

Para 2022, o governo deve manter o mesmo público de 5,5 milhões de famílias atendidas. No entanto, o benefício em 2022 será maior e terá ticket de R$ 56.

O governo irá inserir gradualmente novos beneficiários de modo que, até setembro de 2023, todos do Programa Auxílio Brasil (PAB) sejam atendidos.

Tags: