Home»Cotidiano»Guarda Civil Metropolitana anuncia paralisação em Goiânia

A paralisação está prevista para acontecer na quarta-feira (13), para reivindicar questões relacionadas ao reajuste salarial

0
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp

“Os 30% dos servidores do administrativo da educação que não é pago”

A Guarda Civil Metropolitana (GCM) anunciou nesta segunda-feira (11), que fará paralisação das atividades por 24 horas na próxima quarta-feira (13). Segundo o presidente do Sindicato Trabalhadores do Município de Goiânia (Sindigoiânia), Ronaldo Gonzaga, a interrupção dos serviços será para reivindicar questões relacionadas ao reajuste salarial que não foi efetivado pela gestão do prefeito Iris Rezende (MDB).

“Já faz dois anos que estamos tentando negociar com essa prefeitura, essa administração, referente a data base, piso salarial dos professores, progressões. Os 30% dos servidores do administrativo da educação que não é pago há um ano. Outras coisas com relação plano de saúde que está um caos e não temos nenhum posicionamento”, explica Ronaldo.

Na semana passada cerca de mil homens da Seinfra pararam as atividades em protesto, mas não houve um retorno do prefeito para tentar negociar e resolver o problema. “Por esse motivo quarta-feira vou parar a guarda civil metropolitana em uma paralisação de 24  horas para ver se o prefeito chama a gente para negociar, para discutir”, afirma.

 

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!