Gusttavo Lima: sertanejo entra em nova polêmica após ser acusado de calote

Empresa acusa cantor e empresa dele de não pagar por serviço de instalação de equipamentos de áudio e som na sua mansão, em Goiânia

A vida de Gusttavo Lima não está nada fácil. Depois de ser o centro da polêmica envolvendo os cachês milionários pagos aos artistas sertanejos, com verbas públicas, por prefeituras municipais, o cantor está sendo acusado de dar calote em uma empresa que instalou equipamentos de áudio e som na sua mansão, em Goiânia.

O valor surpreende e bate a cifra de R$ 68 mil reais. Além do cantor, a sua empresa Balada Eventos, também se tornou alvo de uma ação na Justiça, movida pela empresa de automação de áudio e vídeo.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

A defesa do artista afirma que não existe prova escrita, que a foto juntada na petição inicial não tem nitidez, além de não identificar quais aparelhos eletrônicos foram instalados, nem datas da aquisição e instalação na mansão de Gusttavo. Por isso, pede extinção processual.

LEIA TAMBÉM

• Em Goiânia, literatura ganha impulso com redes sociais e adaptações de TV e cinema• Ciclovia entre campus da UFG deve reforçar mobilidade com integração de modais• Goiânia recebe feira de discos de vinil, com muita música e várias atrações

Tags: