Homem de 67 descobre ter útero e ovário durante cirurgia, na Sérvia

Idoso de 67 anos passava por uma cirurgia de hérnia de disco quando médicos identificaram a presença de útero, colo do útero, tubas uterinas e um ovário

Um homem de 67 anos descobriu ter útero, colo do útero, tubas uterinas e um ovário. Ele tinha diagnóstico de hérnia de disco e passava por uma cirurgia quando os médicos notaram a presença dos órgãos sexuais femininos. O caso aconteceu em Kosovo, na Sérvia.

O idoso vivia há cerca de dez anos com uma protuberância de 15 centímetros, próxima ao pênis, que foi identificada erroneamente como hérnia de disco.  A equipe encontrou ainda um saco escrotal na região volumosa.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

A condição é raríssima e já é registrada pelos cientistas. Trata-se da Síndrome do Ducto Mulleriano Persistente (PDMS). Ela ocorre quando o ducto Mulleriano, assim chamado o “pré-útero”, não se rompe na formação inicial do bebê durante a gestação, mas o pênis sim.

LEIA TAMBÉM

• Dez anos após lei incentivar castração, Goiânia ainda não oferece serviço gratuitamente• Sonho de ser ter um filho esbarra apenas na idade, segundo especialista • Problema para agendar consulta ou exame pelo plano de saúde? Veja o que fazer

Por ter a aparência e funcionamento normais do corpo, o paciente costuma ter conhecimento desses órgãos excedentes em cirurgias e/ou com o surgimento de hérnias inguinais e percepção de testículos não descidos. O idoso de 67 anos, inclusive, é casado e tem três filhos.

A descoberta foi publicada pela revista científica Urology Case Reports por estudiosos da Universidade de Prishtina. Esse tipo de síndrome caracteriza o chamado pseudo-hermafrodismo porque a pessoa tem genitália ambígua, ou seja, órgãos genitais mal desenvolvidos que não são evidentemente do sexo que ela apresenta fenotipicamente. No hermafrodita verdadeiro há os dois órgãos sexuais bem formados.

Tags: