Homem é indiciado por injúria contra jogador do Atlético-GO

Volante do time Sub-20 foi chamado também por termos como “negão” durante uma partida do Dragão contra o Trindade, dia 8 de junho

Um torcedor foi indiciado por injúria racial, após chamar o volante do Sub-20 do Atlético-GO, Gustavo Santos Assunção, de “negão” e “macaco”, durante uma partida do Dragão contra o Trindade. O crime aconteceu durante a semifinal do Campeonato Goiano da categoria, no dia 8 de junho.

De acordo com a Polícia Civil (PC), Gustavo estava discutindo com um jogador do time rival dentro de campo quando ouviu um homem gritar: “O que foi negão? O que foi macaco?”. Depois de ouvir os comentários, o jogador ficou sem reação. Os jogadores do Atlético-GO, entretanto, tentaram correr atrás do homem, mas ele conseguiu fugir.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

LEIA TAMBÉM

• Vídeo: Cadela é resgatada após ficar 10 dias sem comida e água, em Goiânia• Casal de Goiânia lesou ao menos 30 em golpes de viagens e passagens aéreas• Vídeo: Jovem é colocado em camburão e encontrado morto horas depois

Súmula

O árbitro do jogo, Artur de Morais Fernandes, relatou o caso de injúria na súmula da partida. Ele disse que ouviu a ofensa dita ao jogador, assim como o auxiliar Genivaldo Oliveira. O presidente do Trindade, Wildson Pereira, disse que o clube repudia qualquer ato discriminatório, sendo que a pessoa investigada não é funcionária do clube ou tem qualquer vínculo com o time.

Tags: