Homem é preso suspeito de atear fogo no corpo da companheira, em Inhumas

A mulher mesmo debilitada com as queimaduras, conseguiu dizer que foi o esposo que jogou álcool e ateou fogo no corpo dela.

Um homem foi preso em flagrante suspeito de colocar fogo no corpo da companheira, de 36 anos, que teve 70% do corpo queimado, em Inhumas. A população ainda tentou salvar a vítima.

Conforme o major da Polícia Militar, Lívio Adriano de Oliveira, o crime aconteceu na tarde desta segunda-feira, 08, em uma escadaria próxima a matriz da cidade, na Praça Santana.

Livio relatou que a mulher mesmo debilitada com as queimaduras, conseguiu dizer que foi o esposo que jogou álcool e ateou fogo no corpo dela.

“A vítima, um pouco inconsciente, conseguiu relatar que tinha sido seu próprio companheiro que tinha jogado álcool em seu corpo e ateado fogo”, afirma o policial.

A vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e conduzida à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Inhumas. Depois dos  primeiros socorros, ela foi levada ao Hospital de Urgência Governador Otávio Lage (Hugol), na capital.

Prisão do suspeito 

O suspeito, 52 anos, foi preso quando estava do lado de fora do hospital e apresentava ferimentos de queimadura na perna, chamando a atenção da polícia.

“Nós estranhamos e fomos abordar. Ele estava muito nervoso e acabou confessando. No entanto, ele alegou que tinha acontecido um acidente”, disse o major Lívio.

Tags: