Homem é preso por abusar da filha de 12 anos, em Jatai.

Os abusos aconteceram no ano passado quando a filha de 12 anos morava na casa do pai.

Um homem de 33 anos foi preso pela Policia Civil do Estado de Goiás (PCGO), por meio da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) de Jatai, suspeito de ter abusado várias vezes sua filha de 12 anos. A vítima morava com pai e com uma irmã quando foi estuprada.

De acordo com as investigações, na época a mãe da vítima morava no interior de Mato Grosso e estava passando dificuldades. Por isso, enviou as duas filhas para morarem com o pai, que trabalhava numa fazenda entre Jataí e Rio Verde. Quando a filha mais velha completou 12 anos, ele passou a manter relações sexuais com ela.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Segundo o delegado, Marcos Guerini, titular da DEAM de Jatai, a polícia só soube dos abusos meses depois quando as filhas voltaram a morar com a mãe em Mato Grosso.

“Em junho deste ano, depois que as adolescentes voltaram para a casa da mãe, a filha que foi abusada sentiu confiança em contar para a mãe sobre o ocorrido, Depois de ter tomado conhecimento, a mãe procurou a polícia de Mato Grosso, que nos informou do que tinha acontecido.  Com as informações conseguimos localizar o suspeito e prendê-lo”, comenta Guerini.

Para conseguir o silêncio da vítima, o autor fazia violência psicológica, dizendo a ela que se mataria caso fosse preso. Também a induzia a mentir sobre os fatos.

Ainda de acordo o delegado, além do mandado de prisão, os policiais também realizaram busca e apreensão domiciliar à procura de indícios que pudessem ser úteis para a investigação.

“Ao ser interrogado, o autor exerceu o direito ao silêncio. Independente disso ele está preso temporariamente por 30 dias. Solicitamos a alteração da prisão temporária para a prisão preventiva. Agora a decisão é com o judiciário”, conclui o delegado.