Homem é preso por agredir e manter companheira em cárcere privado, em Aparecida de Goiânia

Agressões começaram a acontecer há cerca de 10 meses

Neste domingo, 3, um homem foi preso em flagrante suspeito de agredir a mulher e mantê-la em cárcere privado no setor Pontal Sul II, em Aparecida de Goiânia. A vítima ficou sob o domínio do agressor por 10 meses.

Segundo informações da Polícia Militar (PM), vizinhos relataram que a mulher ficava amarrada e era enforcada pelo companheiro. Ela era agredida com uma raquete e com pedaços de pau, além de ser ameaçada de morte com uma faca.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Quando os policiais chegaram no local, o homem se escondeu em um cômodo da casa. No entanto, se entregou depois de um diálogo com policiais. Os militares encontraram a vítima com várias lesões pelo corpo.

O casal estava junto há três anos e, segundo a mulher, as agressões tiveram início nos últimos 10 meses. Ainda de acordo com o relato da vítima, o homem, que é usuário de drogas, estava se tornando mais violento e chegava a agredir a companheira na frente do filho, cuja idade não foi revelada.

Ambos foram levados para a Central de Flagrantes de Aparecida de Goiânia. O homem já teria passagem por roubo, segundo a PM. Ele foi autuado por tentativa de feminicídio, cárcere privado, ameaça e injúria.

Tags: