Home»Cotidiano»Homem foragido há 17 anos é preso

Criminoso havia sido condenado a quase 11 anos de prisão pelo crime de latrocínio

0
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp
(62) 9 8219-1904 Fale com o Diário do Estado

Cláudio Soares dos Santos, de 36 anos, foi preso pela Polícia Civil (PC-GO), em Campos Belos de Goiás. A ação foi realizada, na semana passada, por meio do Grupo Antirroubo a Bancos (GAB) da Delegacia de Investigações Criminais (DEIC).

Em 2002 o indivíduo, acompanhado de outros dois criminosos que já foram presos, cometeu o crime de latrocínio (roubo seguido de morte), no Setor Parque das Laranjeiras, em Goiânia. Eles invadiram a casa de um deficiente físico, que foi amarrado com arames e espancado, levando-o a morte dois dias após o crime. Os infratores fugiram com uma televisão e estavam foragidos desde então. As investigações continuaram e Cláudio foi processado, julgado e condenado a penas que, somadas, chegam a quase 11 anos de prisão.

De acordo com a polícia, após a prática dos crimes, o autor mudou-se para o Maranhão, embora estivesse sempre em Campos Belos, cidade em que nasceu. Durante esse período, Cláudio assumiu uma nova identidade e se passava por Daniel Plácido da Silva, utilizando documentos falsos. Lá, ele se apresentava como professor de Jiu-Jitsu.

Segundo a delegada Mayana Rezende, titular da especializada, a localização do suspeito foi possível em razão do compartilhamento de informações com o Departamento de Combate a Roubos a Instituições Financeiras da Polícia Civil do Maranhão (DCRIF), que investiga o seu envolvimento também em roubos a instituições financeiras e a carros-fortes no Estado.

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!