Homem invade castelo de Windsor, no Reino Unido, para tentar matar Rainha Elizabeth II

O rapaz detido usou uma escada feita de corda para escalar uma cerca de metal da propriedade

Após tentar invadir o Castelo de Windsor, no Reino Unido, onde a rainha Elizabeth II celebrava o natal, segundo a polícia de Londres, um homem armado com uma besta foi preso e levado para um hospital psiquiátrico, onde ficará detido.

A polícia informou que o rapaz de 19 anos, do sul da Inglaterra, foi contido por guardas do palácio após entrar nos terrenos da propriedade, na manhã do dia 25 de dezembro, as equipes da polícia informaram que o homem não chegou a invadir nenhum dos edifícios do complexo.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

“Ele foi encaminhado sob custódia e passou por uma avaliação de saúde mental”, afirmou a polícia, segundo as equipes o homem foi colocado em um hospital psiquiátrico sob a chamada “lei da saúde mental”. “Ele permanece sob os cuidados de profissionais médicos”, a polícia também informou que, uma busca foi realizada no homem, e foi encontrada uma besta. Um tipo de arco e flecha.

Isolamento da Rainha Elizabeth

A rainha Elizabeth, que passou grande parte da pandemia de covid-19 no Castelo de Windsor, a oeste de Londres, está passando também o Natal na propriedade, ao lado do filho mais velho, príncipe Charles, a esposa dele, Camilla, e outra família próxima.

Segundo o jornal Mail on Sunday, o rapaz detido usou uma escada feita de corda para escalar uma cerca de metal da propriedade. Na noite de sábado, as equipes da polícia declararam que todos da família real estavam cientes do ocorrido.

Invasão a residências de famílias reais

Invasões a residências reais são raras, a mais graves de todas aconteceu durante o reinado da rainha Elizabeth II, em 1982, quando um homem escalou os muros para entrar no Palácio de Buckingham, a residência da monarca em Londres, no ocorrido, o homem conseguiu entrar no quarto da rainha, onde ela estava deitada em sua cama.

A rainha não fez qualquer aparição pública no sábado. Em uma mensagem de Natal pré-gravada, ela falou à nação sobre a perda de seu marido, o príncipe Philip, que morreu em abril aos 99 anos. O casal foi casado por 73 anos.

Tags: