Homem que aplicou golpe em famosos é preso em São Paulo

A quadrilha convencia as vítimas de que elas iriam receber lucros de 4% a 8% por mês nas aplicações.

Um homem de 41 anos de idade, foi detido hoje, no interior de São Paulo, suspeito de integrar uma quadrilha que aplicou golpes em famosos.

Segundo o G1, o homem foi denunciado, junto com outras três pessoas, por aplicar um golpe no qual apresentava falsas propostas de investimentos financeiros para artistas e atletas. A atriz Juliana Paes foi uma das vítimas e perdeu R$480 mil. O ator Murilo Rosa e o ex-jogador Luiz Fabiano também foram prejudicados pela quadrilha.

A quadrilha convencia as vítimas de que elas iriam receber lucros de 4% a 8% por mês nas aplicações. O suposto investimento consistia na compra e revenda de veículos seminovos.

A Secretária de Segurança Pública de São Paulo informou ao UOL que durante um cumprimento de um mandado de busca e apreensão, a polícia apreendeu uma arma em um guarda-roupa do suspeito, que foi detido em flagrante.

Em maio deste ano, a Justiça de São Paulo negou um pedido do Ministério Público de prisão preventiva dos quatro suspeitos, por considerar que os “réus não foram presos em flagrante e todos são réus primários e sem antecedentes criminais”.

Entretanto ainda no processo, o Juiz Pedro Luiz Fernandes Nery Rafael, afirma que “segundo conta dos elementos já constatados da investigação, há fortes elementos indicativos da ocorrência do crime de estelionato”. A ação tramita no Foro Central Criminal Barra Funda, em São Paulo, desde abril de 2019.

Tags: