Home»Cotidiano»Homem que matou pai em Padre Bernardo é preso em cidade paulista, menos de 24h após o crime
0
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp
(62) 9 8219-1904 Fale com o Diário do Estado


Um homem investigado pela morte do próprio pai, na zona rural de Padre Bernardo, foi preso, na manhã desta sexta-feira (26), na cidade paulista de Aramina. De acordo com as investigações, Geovani da Silva Magalhães, matou o pai, Natal de Oliveira Magalhães, com um tiro na cabeça, depois que o genitor zombou do filho, que havia perdido uma partida de truco. Irritado, Geovani pegou a arma da família e disparou contra Natal, fugindo na sequência.

Segundo o delegado Vinícius Máximo, responsável pelo caso, um grande cerco foi montado na região de Padre Bernardo, assim que o crime foi noticiado às autoridades policiais. No entanto, Geovani não foi mais localizado. Já na sexta-feira, dia seguinte ao homicídio, a polícia goiana teve notícias de que o suspeito havia fugido para o estado de São Paulo, onde pretendia se apresentar em uma delegacia.

A Polícia Civil de Padre Bernardo, no entanto, já havia representado pela prisão temporária do suspeito, a qual foi imediatamente cumprida assim que Geovani procurou uma unidade policial no outro estado. O delegado Vinícius Máximo destaca o apoio das polícias militares de Goiás e do Distrito Federal, bem como das polícias civis de São Paulo e do DF. “Destaco ainda o MP e o Poder Judiciário, o qual foi muito célere no deferimento da prisão por nós requerida”, completa Máximo.

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!