Hospital em Cristianópolis onde Marília Mendonça nasceu deve receber o nome dela

O anuncio foi feito pela prefeita do munícipio, Juliana da Farmácia (DEM), que disse que tentará dar agilidade à homenagem

A morte de Marília Mendonça em um acidente trágico, na última sexta-feira (8), causou uma grande comoção em Goiás. A artista, que tinha 26 anos, deve ser receber homenagem em sua cidade natal Cristianópolis, a 90 quilômetros da capital goiana. A proposta feita pela prefeitura do munícipio sugere que o hospital municipal onde a cantora nasceu leve o nome dela.

A prefeita de Cristianópolis, Juliana da Farmácia (DEM), disse nesta segunda-feira (8), que vai enviar a proposta para a câmara municipal para fazer a homenagem a cantora sertaneja.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

“A morte precoce de Marília Mendonça, aos 26 anos, deixou em todos nós uma lacuna enorme. E como forma de homenageá-la, vou enviar à Câmara Municipal uma proposta para que o Hospital Municipal em que ela nasceu, aqui na Cidade, leve o seu nome”, escreveu a prefeita, nas redes sociais.

Para dar agilidade à homenagem, a prefeita irá realizar uma reunião com os parlamentares ainda nesta segunda. ”Logo mais, me reúno com nossos vereadores para discutirmos o projeto. Nossa rainha merece”, disse ela.

Marília Mendonça nasceu em Cristianópolis (GO) em 22 de julho de 1995. A cantora morreu em uma queda de avião na última sexta-feira (6), na região de Caratinga, interior de Minas Gerais. Ainda não se sabe o que causou a queda da aeronave e a morte da cantora.

Tags: