Hospital Garavelo é interditado

A interdição foi feita em partes do hospital, porque ainda tem nove bebês na UTI neonatal. Apenas essa parte vai continuar funcionando. Conforme aqueles que estiverem lá, forem recebendo alta, a UTI também será interditada

A vigilância sanitária interditou o Hospital Garavelo na manhã de sexta-feira (13), pelas péssimas condições de atendimento e principalmente pelo índice de mortalidade infantil. Na próxima segunda-feira (16), as 14 horas será realizada uma reunião no Ministério Público de Aparecida, com o MP, Secretaria de saúde e o Hospital para decidir o que fazer para resolver a situação.

A organização mundial da saúde determina que o índice de morte aceitável, é de 12 bebês a cada mil nascidos. No hospital garavelo, em 2017 foram 15 mortes e em 2018 já são nove.  A interdição foi feita em partes do hospital, porque ainda tem nove bebês na UTI neonatal. Apenas essa parte vai continuar funcionando. Conforme aqueles que estiverem lá, forem recebendo alta, a UTI também será interditada.

Confira mais imagens:

Tags: