Idosa denuncia agressão de vizinho em Goiânia

O caso aconteceu no dia 22 de agosto, mas a idosa decidiu expor a situação apenas nesta segunda-feira (06).

Uma professora aposentada de 75 anos denuncia que foi agredida pelo vizinho enquanto ela entrava no prédio em que moram, em Goiânia. A moradora contou que estava voltando da igreja e que não sabe explicar o porquê da agressão.

“Não o conheço. Nunca conversamos, mas sei que mora aqui no prédio. Não sei o que deu nele, parece que tinha bebido”, disse a idosa, que preferiu não de identificar.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

A idosa contou que, ao passar pela primeira porta do prédio, o homem aparentemente bêbado começou a xingá-la e dizer que ela não era moradora de lá e que não entraria. Após ser agredida, ela disse que tentou pedir ajuda para familiares em um prédio vizinho, mas que foi perseguida pelo suspeito.

“Depois que ele me derrubou, corri para o prédio vizinho, mas ele me agarrou de novo pelo cabelo e me machucou. Eu bati a cabeça, arranhei o braço e o rosto”, contou a idosa.

O caso aconteceu no dia 22 de agosto, mas a idosa decidiu expor a situação apenas nesta segunda-feira (06). Ela contou que está com muito medo e reclamou que, desde que registrou o boletim de ocorrências, não teve nenhuma resposta da Polícia Civil.

“Na delegacia disseram que iam intimar ele, mas nada. Aquele filme dele me jogando ficou na minha cabeça. Eu deito e parece que fico vendo ele. Eu tenho medo. Moro só eu e Deus”, contou.

À TV Anhanguera, a Polícia Civil informou que o caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada de Atendimento ao Idoso.

A idosa disse que quando registrou a ocorrência passou por exame de corpo de delito. Ela contou ainda que tem problemas na coluna e que, devida às agressões, ficou com bastante dor no pescoço e precisou tomar remédios.

Fonte: G1 Goiás
Tags: