Idosa é morta e torturada durante assalto, em Bonfinópolis

Um homem foi preso e quatro adolescentes detidos suspeitos de praticarem o crime

A engenheira aposentada Maria Terezinha Cintra, de 70 anos, foi encontrada morta, encapuzada, amarrada e teve os pertences de sua casa roubados, em Bonfinópolis, na última sexta-feira (18). Um homem foi preso e quatro adolescentes apreendidos suspeitos de praticar o crime.

De acordo com a família da vítima, Maria morava sozinha e fazia almoço quando foi surpreendida pelos criminosos. O filho de Maria, Ernesto Nascente Cintra Petrillo, de 42 anos, contou ao G1, que um mês antes do assassinato, a idosa havia sido alvo de um roubo. Para ele, o crime foi cometido por vingança após reconhecer dois dos criminosos.

Uma TV, o carro e o celular da idosa foram levados. De acordo com a Polícia Militar, após fazer o rastreio do telefone, localizaram o suspeito e o veículo em Senador Canedo.

Segundo o tenente da Polícia Militar, José Leite, durante a apreensão dos suspeitos, os adolescentes contaram que já conheciam Mariana por conta do assalto anterior. “Um deles disse que cometeu o latrocínio porque a vítima reconheceu dois deles”, contou.

A família pede agora justiça pelo o que foi feito com a aposentada.

De acordo com a Polícia Civil, o sujeito segue preso e os quatro menores em disposição do Poder Judiciário e aguardam a decisão se serão encaminhados a algum centro de internação. O crime segue sendo investigado.

Tags: