Jornal Diário do Estado

Idoso morre após ser atacado por abelhas em Uruaçu 

Polícia Civil (PC) tratou o caso como "morte acidental", pois de acordo com o delegado Sandro Leal, não há acusações de crime

Um idoso de 78 anos de idade morreu após ser atacado por abelhas em uma fazenda de Uruaçu, região norte do estado. Ele chegou a ser encaminhado ao Hospital Centro Norte (HCN), em estado grave, mas não resistiu ao choque anafilático, forma mais grave de reação alérgica.

A Polícia Civil (PC) tratou o caso como “morte acidental”, pois de acordo com o delegado Sandro Leal, não há acusações de crime. Mesmo com o rápido atendimento prestado, o estado de saúde do homem já era grande quando chegou ao HCN no último sábado, 26. As múltiplas picadas ocasionou um choque anafilático, levando-o a ser transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

De acordo com as informações divulgadas pelo médico infectologista Marcelo Daher, independentemente de uma pessoa ser alérgica ou não, múltiplas picadas de abelha podem ser fatais ocasionando um choque anafilático.

Conforme relatado pelo médico, o corpo reage intensamente ao veneno, ocasionando em diversos sintomas como dificuldades respiratórias, observações e ocorrências na pele, aumento dos batimentos cardíacos, tonturas e sensação de desmaio.