Home»Educação»IFG abre vagas para cursos técnicos

Serão ao todo 2.015 vagas para o primeiro semestre de 2020

0
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp
(62) 9 8219-1904 Fale com o Diário do Estado

Estão abertas as inscrições para o para preenchimento de 2.015 vagas em cursos técnicos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG), para ingresso no primeiro semestre de 2020. São 1.304 vagas para cursos técnicos integrados ao ensino médio, 588 vagas para cursos técnicos integrados ao ensino médio, destinados a jovens e adultos (EJA), e 123 vagas para cursos técnicos subsequentes destinadas a quem já concluiu o ensino médio.

Para cada uma das três modalidades de cursos técnicos, o prazo de inscrição nos processos seletivos são distintos:

  • Para as vagas nos cursos técnicos integrados ao ensino médio, as inscrições vão de 22 de agosto a 22 de setembro;
  • Para os cursos técnicos integrados da EJA, o prazo vai de 22 de agosto a 31 de outubro;
  • Para os cursos técnicos subsequentes, o período de inscrição vai de 22 de agosto a 27 de outubro.

As inscrições são gratuitas e feitas exclusivamente via internet, na página do Centro de Seleção (Estude no IFG). No ato da inscrição, o candidato deverá optar pelo sistema universal de seleção, no qual todos concorrem igualmente, ou pelo sistema de reserva de vagas, no qual somente podem concorrer candidatos que tenham estudando em escolas públicas.

 

Cursos técnicos integrados ao ensino médio

 

As 1.304 vagas para cursos técnicos integrados ao ensino médio estão distribuídas entre os 14 campus do IFG, em Goiânia e no interior do estado. O Campus Goiânia é o que oferta o maior número de vagas (216) e cursos: Edificações, Eletrônica, Eletrotécnica, Instrumento Musical, Mineração, Saneamento e Telecomunicações. Também situado na capital, o Campus Goiânia Oeste oferta 90 vagas distribuídas entre os cursos de Análises Clínicas, Nutrição e Dietética e Vigilância em Saúde.

No interior de Goiás, as vagas estão distribuídas nos seguintes campus:

  • Águas Lindas, são 90 vagas para os cursos de Análises Clínicas, Meio Ambiente e Vigilância em Saúde.
  • Anápolis, também são 90 vagas para os cursos de Comércio Exterior, Edificações e Química.
  • Aparecida de Goiânia, também há vagas para Edificações e Química e para o curso de Alimentos.
  • Na cidade de Goiás, são 108 vagas distribuídas igualmente entre os cursos de Agroecologia, Edificações e Produção de Áudio e Vídeo.
  • Formosa são ofertados os cursos de Biotecnologia e Saneamento, com 30 vagas cada.
  • Inhumas, são 102 vagas para os cursos de Agroindústria, Informática para Internet e Química.
  • Itumbiara são 60 vagas para os cursos de Eletrotécnica e Química.
  • Jataí, são 90 vagas distribuídas entre os cursos de Edificações, Eletrotécnica e Manutenção e Suporte em Informática.
  • Em Luziânia, são 98 vagas para os cursos de Edificações, Informática para Internet e Química.
  • Em Senador Canedo, são 60 vagas para os cursos de Automação Industrial e Mecânica. Em Uruaçu, 90 vagas distribuídas entre os cursos de Edificações, Informática e Química.
  • Já no Campus Valparaíso, são ofertados os cursos de Automação Industrial e Mecânica, com 30 vagas cada.

 

No Campus de Goiânia, os cursos técnicos integrados ao ensino médio são ofertados no turno matutino. Nos demais campus do IFG, os cursos são em tempo integral. A seleção dos candidatos é realizada por meio de prova e, no caso do curso de Instrumento Musical, há também teste de aptidão.

Cursos para jovens e adultos (EJA)

Entre os 14 campus do IFG, 588 vagas são para os cursos técnicos integrados ao ensino médio, destinados a jovens com 18 anos ou mais e adultos.

Os cursos ofertados são: Agroindústria (Campus Itumbiara), Artesanato (Campus Goiás), Comércio (Campus Uruaçu), Cozinha (Campus Goiânia), Desenvolvimento de Sistemas (Campus Goiânia), Edificações (Campus Formosa), Eletrotécnica (Campus Valparaíso), Enfermagem (campus Águas Lindas e Goiânia Oeste), Manutenção e Suporte em Informática (campus Formosa e Luziânia), Modelagem do Vestuário (Campus Aparecida), Secretaria Escolar (Campus Anápolis), Panificação (Campus Inhumas), Refrigeração e Climatização (Campus Senador Canedo), Secretariado (Campus Jataí), Transporte de Cargas (Campus Anápolis) e Transporte Rodoviário (Campus Goiânia).

Os cursos técnicos integrados ao ensino médio na modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA) são ministrados no período noturno, para facilitar o acesso a quem trabalha. Outra facilidade de acesso é a forma de seleção: os candidatos apenas participam de uma palestra e passam por entrevista. Ao final, se a demanda for maior que o número de vagas, há sorteio.

Cursos técnicos subsequentes

As 123 vagas para cursos técnicos subsequentes ao ensino médio estão distribuídas entre os campus Goiânia e Jataí. Em Goiânia, são ofertados os cursos de Eletrotécnica, Mecânica e Mineração; no Campus Jataí, o curso de Agrimensura.

Os cursos técnicos subsequentes destinam-se a quem já concluiu o ensino médio e busca um curso profissionalizante. Eles têm duração de 2 anos e são ofertados no período noturno. A seleção dos candidatos é feita por meio de prova.

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!