Jornal Diário do Estado

Incêndio em festa de casamento no Iraque deixa centenas de mortos e feridos

Informações preliminares apontam que o incêndio foi ocasionado por fogos de artifício

Uma festa de casamento no Iraque terminou em tragédia, na madrugada de terça-feira, 26. Um incêndio aconteceu no distrito de Hamdaniyah, no norte do país, deixando mais de 150 pessoas feridas e ao menos 113 mortos, conforme informou a agência estatal de notícias. Informações preliminares apontam que o incêndio foi ocasionado por fogos de artifício.

Segundo o governo local, equipes de resgate foram enviadas ao local para socorrer os convidados, mas ainda não se sabe se os noivos estão entre as vítimas fatais. A agência estatal do Iraque afirmou que a Defesa Civil transportou os feridos para hospitais regionais.

As causas do incêndio ainda não foram confirmadas, mas testemunhas informaram que incêndio teve início por volta de 22h45, e que foi ocasionado pelo uso de fogos de artifício no ambiente fechado, e a festa estaria acontecendo em um prédio de material muito inflamável. Um funcionário informou ainda que o salão tinha falhas de segurança.

“O fogo causou o desabamento de partes do imóvel por conta do uso de materiais de construção baratos e altamente inflamáveis que ruíram minutos depois do início do incêndio”, disse a Defesa Civil.

Na festa, estavam cerca de mil a 1,1 mil convidados, conforme informou uma testemunha a rede local “RUDAW”.

O movimento Crescente Vermelho afirmou que ao menos 450 pessoas podem ter morrido, mas a informação não foi confirmada pelas autoridades. Já sobre os noivos, a situação ainda não foi divulgada oficialmente, mas um convidado relatou ao canal de notícias Alawla TV que eles estão bem, mas devastados pela situação. Entretanto, para a BBC, uma testemunha disse que o casal morreu.

Até o momento, nove pessoas foram presas por suspeita de envolvimento no incêndio.

Veja o vídeo do incêndio: