Influencer que zombou de vagas exclusivas para autistas depõe em Goiânia

Maquiadora e a mãe são investigadas por discriminação de pessoa em razão de deficiência. Pena pode chegar a três anos

A influencer de Anápolis Larissa Rosa, que ganhou repercussão após os vídeos nos quais aparece zombando de vagas exclusivas para autistas bombar na Internet, prestou depoimento ao Grupo Especializado no Atendimento às Vítimas de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Greacri), e alegou que tudo não passou de uma brincadeira e que não quis ofender ninguém.

A mãe da maquiadora, Vânia Rosa, que também aparece no vídeo, reforçou a fala da filha de que não tinham intenção de causar essa polêmica. As duas são investigadas por discriminação de pessoa em razão de sua deficiência. A pena pode atingir três anos, além de multa.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Segundo a maquiadora, o comentário realizado no vídeo foi postado em um grupo de amigos próximos, que teria apenas 18 pessoas, mas mesmo assim o vídeo vazou e ganhou força na internet. Depois da repercussão negativa, Larissa tentou se desculpar e chegou a postar vídeos e textos pedindo desculpas pelos comentários.

LEIA TAMBÉM

• Atriz pornô é encontrada nua e amarrada a uma árvore em floresta do Japão• Maquiadora e influencer goiana que zombou de vagas para autistas é indiciada• Saiba como estão as investigações sobre o jovem que matou ex-sogro, em Goiânia

Comentários

Nos vídeos, a influencer questiona quando seria liberada uma vaga para “gordo estressado”. A mãe da maquiadora estava ao lado dela durante a gravação. No início, ela repreende os comentários da filha, que continua a zombar das vagos do estacionamento de um shopping, em Goiânia.

“Gente, olha isso aqui. Agora tem vaga exclusiva para autista. Cara, o mundo está muito difícil. Quero saber quando vai ter vaga para gordo estressado. […] A vaga é tão colorida que achei que era para viado. Vaga para mim nunca tem”, diz Larissa rindo das vagas.

Tags: