Investidores de Dubai querem operar Aeroporto de Cargas de Anápolis

Em Dubai, onde participou da grande feira internacional de alimentos GulFood nesta segunda-feira, dia 27, o governador Marconi Perillo também iniciou contatos com investidores e empresários que têm a intenção de aplicar recursos e operar no Aeroporto de Cargas de Anápolis, que está em fase final de construção pelo Governo de Goiás.

“Começamos aqui conversas com interessados na plataforma logística e no Aeroporto de Cargas de Anápolis. Juntando Goiás e Brasília, somos um mercado de quase 10 milhões de pessoas”, disse o governador. Marconi, acompanhado do secretário de Assuntos Internacionais do Estado, Isanulfo Cordeiro, afirmou aos investidores que a economia goiana vem crescendo acima da média nacional.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

“Essa feira conta com mais de cinco mil expositores. O Brasil está aqui com 92 empresas, algumas são goianas. Vim para visitá-los e para conversar com investidores aqui do Oriente Médio com o objetivo de levá-los para Goiás”, diz o governador Marconi Perillo ao falar da importância da GulFood, maior feira no Oriente Médio para a alimentação e a indústria. Marconi e a comitiva goiana visitaram o espaço nesta segunda-feira.

LEIA TAMBÉM

• Anápolis: motorista de van é preso suspeito de estuprar criança de 3 anos• Feira Gaúcha adota entrada solidária, com doação de alimentos, em Anápolis• Trechos das BR-153 e BR-414 estão parcialmente bloqueadas

“Eu comecei aqui conversas com interessados na plataforma logística e no Aeroporto de Cargas de Anápolis. Se nós conseguirmos comprovar que as exportações e importações possam ser feitas de Anápolis, certamente, vamos viabilizar a plataforma logística e o aeroporto de cargas”, disse o governador Marconi Perillo após visitar diversos estandes de empresas brasileiras e de Goiás na feira GulFood, em Dubai.

O governador Marconi Perillo e a delegação goiana abriram o segundo dia de missão oficial nos Emirados Árabes na GulFood, em Dubai, que é maior feira de alimentos do Oriente Médio. Marconi participou de reuniões e conversas com empresários e dirigentes do setor alimentício da região, mostrando a potencialidade do comércio goiano e a  cartela de exportações do Estado de Goiás.

A feira em Dubai reúne mais de 160 países onde circulam mais de 90 mil compradores, e apresenta também com ampla variedade de comidas e bebidas. “Os grandes negócios do mundo sobre alimentos e produção acontecem aqui nesta feira e temos a chance de colocar Goiás na rota deste mercado gigante e que movimenta muitos recursos”, disse o governador.

Fonte: Goiás Agora

Tags: