Jogadores proibidos pela Anvisa de irem a Itaquera embarcam em ônibus da Argentina

Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, no Catar.

Giovani Lo Celso, Cristian Romero, Emiliano Buendía e Emiliano Martínez embarcaram no ônibus da delegação argentina rumo à Neo Química Arena para enfrentar o Brasil, em duelo válido pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, no Catar.

De acordo com a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), o quarteto não poderia entrar no Brasil pelo fato de ter passado pela Inglaterra nas últimas duas semanas. O certo seria que o grupo realizasse uma quarentena de 14 dias antes de desembarcar em território nacional, conforme previsto na Portaria Interministerial nº.655/2021.

A medida vale para pessoas que estiveram no Reino Unido, África do Sul, Irlanda do Norte e Índia.

A Anvisa, inclusive, determinou que os quatro jogadores argentinos fossem deportados, criando uma bolha para que eles saíssem do hotel e fossem direto para o Aeroporto de Guarulhos, onde embarcariam de volta para a Argentina.

A entidade de vigilância sanitária também notificou a Polícia Federal por supostos depoimentos falsos desses jogadores ao entrarem no Brasil, o que complica ainda mais a situação. Antes de chegarem a São Paulo, os argentinos estavam na Venezuela, onde enfrentaram a seleção local também pelas Eliminatórias.

Tags: