Jornalista da Globo, vítima de latrocínio, segue internado, mas se recupera bem

Gabriel Luiz recebeu 10 facadas na quinta (14) próximo ao apartamento onde mora, no Distrito Federal. Ele passou por duas cirurgias em menos de 12 horas após o crime

Vítima de dez facadas, o jornalista Gabriel Luiz, da TV Globo Brasília, está se recuperando bem. A expectativa da família é que o estado de saúde do rapaz continue evoluindo positivamente. Dois suspeitos foram encontrados pela polícia do Distrito Federal sendo um deles menor de idade.

Em entrevista ao jornal Correio Braziliense neste sábado (16), o pai de Gabriel, Wilton Luiz Araújo, afirmou estar otimista. Na manhã deste sábado (16), ele passou por exames e começou a ser extubado.  Ele havia passado por duas cirurgias em menos de 12 horas.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

“Estamos bem aliviados. Satisfeitos com a ação da Polícia Civil, que atuou com rapidez e prendeu os dois bandidos. A polícia desempenhou muito bem sua função, com muita eficácia. Estamos ainda mais aliviados porque o tratamento está dando certo. Se Deus quiser, ele estará conosco em breve”, disse à reportagem.

O caso é tratado pelo delegado como tentativa de latrocínio. Segundo ele, o jornalista se tornou uma vítima em potencial da dupla de suspeitos ao retornar sozinho da ida a um estabelecimento para lanchar no setor Sudoeste. Os jovens teriam decidido cometer roubos após utilizarem um remédio para tratar distúrbios do sono. A carteira e o celular de Gabriel foram encontrados próximo ao local do crime.

LEIA TAMBÉM

• Homem oferece chocolate para abusar de criança em Porangatu• Blogueira é presa, acusada de participar da morte de ex após descobrir traição• PF investiga governo Bolsonaro por pagar propaganda superfaturada

Pela Internet, muitas pessoas se manifestaram associando o crime ao tipo de reportagens que o jornalista costuma fazer. Ele é conhecido por investigar denúncias e crimes de corrupção do governo do Distrito Federal e do Governo Federal. A reportagem mais recente dele foi sobre um clube de tiros mantido pelo Exército. Logo em seguida, a própria instituição interditou o local.

Tags: