Jornal Diário do Estado

Jovem agredida por namorado ao beber cerveja foi ameaçada minutos antes

Isabella Lacerda contou que as agressões aconteceram após ela beber sem ‘autorização’ do ex-namorado. O homem foi preso em flagrante

Mensagens divulgadas pela estudante de direito Isabella Lacerda, de 20 anos, mostram ameaças feitas pelo namorado momentos antes de ser agredida, em Goiânia. Ela denunciou que foi torturada por Thiago Brandão Abreu, de 40 anos, com socos, mordidas e coronhadas por arma de fogo durante três horas.

Mensagens foram mandadas por Thiago minutos antes da agressão. (Foto: Arquivo Pessoal)

O caso ocorreu na noite de sexta-feira, 9, no Setor Sudoeste. As agressões aconteceram após a vítima beber cerveja sem a ‘permissão’ dele em uma festa de família. Isabella teria ligado para ele através de uma chamada de vídeo, que viu a garrafa de cerveja e foi até o local buscá-la. A jovem ficou com diversos hematomas e contou que teve parte dos cabelos arrancados.

A jovem conseguiu fugir das agressões com a ajuda da mãe, e foi até uma delegacia da polícia na madrugada de sábado, 10. Ela representou o ex-namorado criminalmente e pediu medidas protetivas contra ele.

“Ele me bateu muito, muito mesmo. Chegou uma hora que eu achei que iria desmaiar… Chegou um momento que eu achei que ia morrer mesmo, porque eu tinha certeza que ele ia me matar”, conta Isabella, aos prantos.

Segundo a Polícia Civil, Thiago Brandão Abreu foi preso em flagrante na manhã desta segunda, 12, e encaminhado para audiência de custódia. O processo corre em segredo de Justiça.

“Nenhuma mulher merece isso. Já sofri com violência doméstica por parte do meu pai, e procurei estudar para isso, para ajudar e libertar mulheres. Isso não fere só o corpo, fere sua vida, sua alma, sua história”, desabafou a estudante.

O casal estava juntos há 11 meses. Isabella contou que o empresário era extremamente ciumento e que ele possui licença para porte de arma de fogo.