Home»Poder»Juiz determina bloqueio de bens de ex-diretor do Mutirama

Segundo o MP, o ex-diretor realizou várias despesas com verbas públicas municipais sem a prestar de conta

0
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp

Em ação civil de improbidade administrativa, o juiz Fabiano Abel de Aragão Fernandes determinou, o bloqueio provisório dos bens do ex-diretor-presidente do Parque Mutirama de Goiânia, Jairo Gomes das Neves. O valor chega a ser mais de 1 milhão de reais.

De acordo com o Ministério Público de Goiás, o ex-diretor realizou várias despesas com verbas públicas municipais sem a prestar de contas, em 2013, quando ainda era o diretor do parque.

Segundo o promotor, foi contatado que do valor, um montante foi regularizado. Mas faltou a comprovação de R$ 615.733,35. Além disso, dos R$ 120.000,00 pagos pelo Parque Mutirama à ele para a aquisição de materiais e prestação de serviço em 2013, houve a utilização irregular de R$ 703,14; totalizando mais de 600 mil reais.

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!