Juiz suspende pagamentos da Odebrecht à Alvarez & Marsal, empresa que contratou Moro

O magistrado tomou a decisão depois que o TCU passou a investigar a contratação do ex-juiz Sergio Moro

A empresa dos Estados Unidos Alvarez & Marsal, que empregou o ex-juiz Sérgio Moro e que recebeu recursos da empreiteira, não receberá mais recursos da empresa quebrada na lava jato.

Conforme a jornalista Mônica Bergamo, “o juiz João de Oliveira Rodrigues Filho, da 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais, decidiu suspender os pagamentos da Odebrecht à empresa Alvarez & Marsal, administradora judicial do grupo. O magistrado tomou a decisão depois que o TCU (Tribunal de Contas da União) passou a investigar a contratação do ex-juiz Sergio Moro para trabalhar na Alvarez & Marsal”, publicou na Folha de S. Paulo.

“Na visão do Ministério Público junto ao TCU, há um evidente conflito de interesses no fato de Moro ter condenado e ordenado a prisão de acionistas e diretores da Odebrecht, contribuindo para a situação de insolvência da empresa, e agora trabalhar em sua administradora judicial, que disso aufere lucros”, afirma a jornalista.

Foto: REUTERS/Adriano Machado

Tags: