Justiça suspende diplomação de vereador eleito pelo Cidadania, em Goiânia

A determinação indicou que o partido não cumpriu a conta mínima de 30% por gênero de candidatos inscritos

O juiz eleitoral Wild Afonso Ogawa, da 127ª Zona Eleitoral de Goiás, determinou a anulação dos votos recebidos pelos candidatos a vereador pelo Cidadania, em Goiânia. Dessa maneira, foi suspensa a diplomação de Marlon Teixeira, único postulante eleito pela sigla.

A determinação aceitou a tese de que o partido não cumpriu a conta mínima de 30% por gênero de candidatos inscritos, estabelecida em lei. A ação foi movida pelo Partido Republicano da Ordem Social (PROS).

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

O Cidadania informou que já está recorrendo e que a tese que levou à decisão é “absurda”, pois o registro da chapa foi considerado pela Justiça “completamente regular”.

Tags: