Kim Kardashian nega ter estragado vestido de Marilyn Monroe

A modelo negou que tenha danificado o vestido historico da atriz

Kim Kardashian nega ter danificado o vestido icônico de Marilyn Monroe que ela usou no tapete vermelho do Met Gala deste ano.

A socialite usou a peça que Marilyn Monroe imortalizou em 1962, em uma homenagem ao presidente John Kennedy. Depois de Kim Kardashian chamar a atenção no tapete vermelho, surgiram fotos mostrando suposto danos na roupa alguns deles seriam pequenos rasgos, além da perda de cristais. Comenta-se que o problema teria sido provocado pelo bumbum avantajado da moça.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

O museu Ripley’s Believe It or Not!, que é dono da peça, negou as acusações que circulam pela Internet. “O Ripley’s e eu trabalhamos muito bem. Havia pessoas com luvas para colocar o vestido em mim”, afirmou Kim Kardashian ao programa Today, da rede americana NBC, nesta terça-feira, 21.

LEIA TAMBÉM

• Procura por itens para festas juninas movimenta lojas de Goiânia• Kanye West reclama por filha mais velha ter conta no Tiktok• Kim Kardashian chega a Nova York e surpreende com look bizarro

Imagens do antes e depois da peça que foram divulgas pela pagina do instagram @Marilyn Monroe Collection (reprodução)

Durante a entrevista a modelo ressaltou que usou o vestido por pouco tempo, só no tapete vermelho do Met Gala. Ela disse ainda que teve que usar até um casaco de pele branco para disfarçar o zíper que não conseguiu fechar. Segundo garantiu Kardashian, ela vestiu uma réplica feita sobre medida para o seu corpo, depois que posou para as fotos.

“Eu cheguei de robe e chinelos, coloquei o vestido na entrada do tapete vermelho, subi as escadas. Provavelmente, usei o vestido por três ou quatro minutos, e depois troquei de roupa no alto da escada”, afirmando que ainda perdeu peso para poder usar o vestido.

Tags: