Liberação de saque do FGTS para pagamento de creche está aprovada

Medida faz parte de um pacote direcionado às mulheres, incluindo possibilidade de custear custos de qualificação profissional. Aplicação depende de regulamentação para entrar em vigor

O anúncio da flexibilização do FGTS pelo Governo Federal para pagamento de creche é considerado positivo por especialista. Embora ainda não tenham sido divulgados detalhes de como e quanto será liberado, a comparação entre o emprego do dinheiro para contemplar a despesa e o rendimento baixo sinaliza que o saque é a melhor escolha da trabalhadora.

“Na perspectiva do beneficiário é uma estratégia interessante. No atual contexto de alta inflação e de baixo rendimento na conta do FGTS, que é de 3% mais a TR, eles sempre ficam aquém da poupança. Por isso, aplicar esse dinheiro, quando possível, em outros produtos financeiros mais rentáveis compensa bastante, explica o economista Danillo Orsida.

Ele destaca que a proposta é válida, mas a atribuição de arcar com gastos sociais, a exemplo da educação infantil, está a cargo dos municípios. O pacote de medidas precedido de uma série de outras relacionadas ao fundo para injetar recursos na economia é considerada política, na opinião do especialista, já que este ano haverá eleições.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Orsida defende a manutenção do FGTS, porém com alterações. O programa foi criado nos anos 1970 para assegurar direitos do trabalhador e para subsidiar o financiamento imobiliário para esse grupo. A Caixa Econômica é a responsável por gerenciar o dinheiro depositado compulsoriamente todos os meses em uma conta do empregado. Apesar disso, o objetivo não vem sendo alcançado.

LEIA TAMBÉM

• Pedro Guimarães deixa presidência da CEF após denúncias de assédio sexual• Vídeo: Mulher corta o cabelo em plena festa e bomba na Internet• Ação em Morrinhos tem entrega de cartões do Mães de Goiás

“A Caixa opera em condições de mercado melhores do  que a bancos privados por poder fomentar a política de habitação no País. No entanto, na prática, a taxa de juro de financiamento imobiliário dela é parecida com a praticada por bancos comerciais. Aliás, os privados até oferecem melhores. Atualmente, não faz muito sentido essa lógica do FGTS. Se a pessoa colocar o dinheiro na poupança vai  ser mais rentável”, pontua. 

A primeira leva de medidas  voltadas exclusivamente às mulheres inclui a possibilidade de pagar cursos de qualificação profissional em áreas tradicionalmente dominada por homens, como engenharia e tecnologia. A novidade já foi publicada no Diário Oficial da União, porém depende de  regulamentação do Conselho Curador do FGTS.

Tags: