Home»Cotidiano»Lotéricas deixam de receber contas da Enel Distribuição Goiás

A medida é motivada pelo encerramento do contrato de arrecadação da Caixa com a Enel.

2
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp

A partir do dia 5 de agosto, as casas lotéricas, os Correspondentes Caixa Aqui e as agências bancárias da Caixa Econômica Federal (CEF), não receberão mais pagamentos de contas da Enel Distribuição Goiás. A medida é motivada pelo encerramento do contrato de arrecadação da CEF com a Enel, devido ao reajuste de cerca de 30% proposto pelo banco na tarifa cobrada para receber as faturas de energia nesses locais de atendimento.

O valor proposto pela Caixa chega a ser 50% acima do atualmente contratado pela Enel Distribuição Goiás em canais semelhantes de outros bancos. Tal reajuste, como citado pela Diretora de Mercado Enel Brasil, Marcia Roque Vieira, pode refletir inclusive nas tarifas de energia atingindo diretamente os consumidores, “Como as taxas de arrecadação entram no cálculo das tarifas de energia, caso o contrato fosse renovado, o aumento no valor sugerido pela Caixa seria repassado para as tarifas na próxima revisão tarifária, com impacto na conta de luz para os consumidores da companhia. Com essa medida e a oferta de diversas alternativas para pagamento da conta de luz, buscamos proteger os consumidores do reajuste abusivo proposto pela Caixa Econômica”, afirma Marcia.

Como alternativa, a Enel está incentivando os clientes de bancos conveniados (Banco do Brasil, Santander, Bradesco, Itaú, Caixa Econômica Federal, Bradesco, Banco de Brasília, Intermedium, Safra, Mercantil, Bancoob e Sicredi) a cadastrarem suas contas em débito automático. É possível realizar este cadastro pelos canais de atendimento dos próprios bancos (Internet Banking, app ou agência). Atualmente, a distribuidora tem 220 mil clientes já cadastrados na opção de débito automático.

O cliente que optar por não cadastrar as contas em débito automático também pode pagar a fatura por meio do serviço de Internet Banking e canais de autoatendimento (caixa eletrônico) dos bancos conveniados, desde que seja correntista. A companhia reforça que a Caixa Econômica continua recebendo pagamento das contas de luz de correntistas do banco em seus canais eletrônicos. Permanecerá ativo também o serviço de pagamento online, que dispensa inclusive a apresentação da fatura de energia para realização do pagamento, este serviço permanecerá disponível nas Lotéricas e Correspondentes da Caixa com a cobrança de R$ 2,80 na próxima fatura.

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!