Lula diz que “se puder” será candidato à presidência

Em entrevista à Rádio Fan, de Sergipe, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que pretende disputar as eleições presidenciais de 2018. “Vamos esperar o tempo passar para saber se eu posso ser candidato”, disse o petista. Lula não citou os cinco processos nos quais é réu, mas fez um adendo: “Se puder, serei candidato”.

Pela Lei da Ficha Limpa, um cidadão condenado em 2ª instância não pode se candidatar. Como ainda não foi condenado em nenhum dos processos, o ex-presidente ainda pode ser candidato.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

O petista declarou ser cedo para comentar seu desempenho nas pesquisas “porque ainda faltam praticamente dois anos para a eleição”. “Tenho condições de ganhar as eleições porque eu sei cuidar dos humildes”, considerou Lula.

Depoimento

Em duas semanas, o petista tem depoimento marcado na 13ª Vara Federal de Curitiba. O ex-presidente se diz tranquilo para se encontrar com o juiz Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato. “Não tenho que provar minha inocência. Eles têm que provar minha culpa”, alegou.

O petista mantém as afirmações de que não há nada contra ele. “Duvido que encontrem 50 centavos meus em qualquer lugar do mundo”, disse. As acusações que pesam contra Lula são de lavagem de dinheiro e corrupção passiva. As investigações apontam que ele seria responsável por comandar uma estrutura ilícita para captação de apoio parlamentar, apoiada na distribuição de cargos públicos na administração pública federal.

Com informações do UOL
Tags: