Macaco vestido de soldado é morto durante tiroteio, no México

Animal estava sob o colo do dono, ambos encontrados com vários ferimentos à bala

Um macaco-aranha vestido de soldado morreu durante um tiroteio entre o cartel ‘La Familia Michoacana’ e a Guarda Nacional mexicana, em Texcaltitlán, na última quinta-feira, 16.

O animal, que estava vestido com um colete à prova de balas, um casaco de camuflagem e uma fralda, estava no peito do seu dono, um jovem de 20 anos, também morto no tiroteio, diz o jornal Milenio. O jovem e o animal foram encontrados com vários ferimentos de bala.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Operação contra narcotráfico

LEIA TAMBÉM

• Fazendeiro que mandou matar corretor em Rio Verde tem prisão decretada pela Justiça• Em Vila Propício, criança de 4 anos morre em acidente de carreta com bicicleta• Em Niquelândia, jeito de cuidar do gado leva irmãos a se matarem

O tiroteio aconteceu durante uma operação da Procuradoria-Geral do Estado do México e da Guarda Nacional, que se depararam com civis armados, alegando serem membro do grupo ‘La Familia Michoacana’.

Dez homens morreram no local e outro morreu no hospital. Além disso, dez pessoas foram detidas, três das quais permanecem sob observação médica, devido aos ferimentos que sofreram.

A autópsia do macaco ficará em cargo da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootécnica da Universidade Autónoma do Estado do México (UAEMex), estando a ser investigada a possibilidade do animal ter sido vítima de tráfico.

Tags: