Mãe de Nego do Borel é investigada por agredir a enteada

A criança, que teria levado "chineladas, arranhões e tapas"

Nesta quarta-feira, 26, Roseli Viana, mãe do cantor Nego do Borel, investigada por suspeita de agressão à enteada, prestou depoimento na Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (Dcav), no Centro do Rio.

Antes dela chegar à DP, parentes e vizinhos chegaram à rua do Lavradio, onde fica a delegacia, com cartazes negando as agressões. Ao G1, ela negou ter agredido a enteada, de 8 anos.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

“Isso nunca aconteceu, não existem maus tratos, não existem agressões. Isso é uma tremenda mentira”, afirmou Carolina Alves, irmã do pai da criança que teria sido agredida. Aproximadamente ás 15h45, Roseli deixou a delegacia e afirmou que tem a criança “como uma filha”, e que nunca aconteceu nenhuma agressão:

“A Justiça está aí, vamos deixar na mão de Deus. Vai dar tudo certo, já deu”, declarou Roseli, que foi à delegacia acompanhada da enteada, de 8 anos.

A denúncia

Uma das supostas agressões teria ocorrido na segunda-feira, 17, e foi registrada na Dcav no dia 24. A criança, que teria levado “chineladas, arranhões e tapas”, foi  conduzida junto com a mãe para a realização de exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML).

“O registro foi feito na Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV), que está investigando o caso. A vítima foi ouvida e encaminhada para exame de corpo de delito. A autora foi chamada para prestar depoimento. Diligências estão sendo feitas para esclarecer todos os fatos”, declarou a Polícia Civil sobre o caso.

Gisele contou sobre três episódios de agressão relatados pela filha. A autora seria a madrasta, Roseli, mãe de Nego do Borel, que é casada há 7 anos com o pai da criança, Alex Alves Gomes. Alex e Gisele possuem a guarda compartilhada da criança.

Em depoimento na delegacia, ela disse que a criança foi vítima de tapas, arranhões e que Roseli havia jogado shampoo de propósito nos olhos da criança.

Em um vídeo, enviado à TV Globo, Gisele declarou que entrou em contato com o pai para falar sobre os relatos da filha.

“Ele falou que era mentira da minha filha, que minha filha tava mentindo. Quando foi esse ano, minha filha novamente disse que estava sofrendo maus tratos pela madrasta. Que ela estava apanhando, apanhava na bunda, tapa nas costas, arranhão”, disse ela em vídeo.

Foto: Henrique Coelho/G1

Tags: