Mãe e companheira são presas por agredir crianças em Aparecida

As marcas mais antigas na adolescente indicam que as agressões são recorrentes. Há hematomas feitos com mangueira e sinais de enforcamento.

Duas mulheres foram presas em flagrante nesta quinta-feira (17) suspeitas de agressão a um menino de 4 anos e uma adolescente, de 14 anos, em Aparecida de Goiânia. A prisão ocorreu após denúncia ao Conselho Tutelar da região feita pela direção da escola em que a adolescente estuda.

Segundo a delegada de Proteção à Criança e ao Adolescente de Aparecida, Bruna Coelho, a diretora da escola viu lesões causadas pela agressão e acionou o Conselho Tutelar. “Após a denúncia as duas acusadas foram até a escola tirar satisfações com a direção e acabaram sendo presas em flagrante”, diz a delegada.

Bruna Coelho ainda aponta que marcas mais antigas na adolescente mostram que as agressões são recorrentes. As mulheres chegaram a dizer que a garota agredia o irmão, de 4 anos, que tem doença génetica que o deixa fragilizado.

No entanto, as mulheres acabaram confessando as agressões, tanto do garotinho, quanto da adolescente. “Há hematomas, provavelmente feitos com mangueira, e também enforcamentos”, afirma a delegada. As mulheres foram autuadas por lesão corporal e estão na carceragem da DPCA de Aparecida de Goiânia.

As crianças estão sob os cuidados da avó no Entorno do Distrito Federal.

Tags: