Home»Poder»Marconi assina convênio com a Caixa para construção de 30 mil moradias em Goiás
3
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp
(62) 9 8219-1904 Fale com o Diário do Estado

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), assinou hoje (13) o termo de Termo de Cooperação e Parceria (TCP) com a Caixa Econômica Federal para viabilizar a construção de 30 mil moradias no estado. Ele classificou a parceria como um “dos mais importantes projetos para a produção de moradias no Brasil” e informou que a expectativa para os próximos dois anos é reduzir o déficit habitacional em até 30%.

Ao lado do presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi (PP), o governador comentou que já recebeu 209 prefeitos em audiências e que a maioria deles trouxe demandas para a construção de moradias. “Tomamos a decisão que neste ano vamos priorizar a construção de casas novas, e vamos contar com o apoio do Ministério das Cidades, na implantação do Cartão Reforma para a melhoria das residências”. E completou: “Estamos todos nós aqui reunidos com a Caixa para viabilizarmos esse que vai ser um dos mais importantes pra produção de moradias no Brasil”.

Segundo o governador, o projeto faz parte do programa Mais Competitivo e Inovador que identificou quais cidades apresentam dados de déficit de moradia. “Partindo disso chamamos os prefeitos, estamos pactuando com eles e com Caixa Econômica Federal esse audacioso programa que visa reduzir em pelo menos 30% esse déficit de moradia nos próximos dois anos”.

De acordo com Marconi, os prefeitos vão colaborar com os terrenos, a Caixa Econômica Federal com programa Minha Casa Minha Vida, recursos do FGTS e recursos federais; e o governo do Estado fará a contrapartida do cheque moradia. isso fará com que o valor da prestação fique mais baratos e os empreendimentos viabilizados.

“Esse é mais um projeto que coloca o estado de Goiás a Caixa na vanguarda do país, especialmente na demanda da sociedade, do povo trabalhador. Vale destacar também que o governo estadual é o maior cliente da Caixa Econômica Federal no Brasil e isso facilita muito nossa interlocução”, pontuou.

O governador agradeceu também a atuação do senador Wilder Morais (PP) na interlocução de projetos habitacionais e de saneamento no estado e também reconheceu o esforço de outros parceiros que auxiliaram no projeto.

“Creio que imediatamente nós teremos condições de implementar esse programa. Eu só esperava a assinatura desse termo de compromisso, esse protocolo de intenções, para que eu possa reservar os recursos do tesouro para fazer nossas contrativas”. E completou: “Esse esforço nosso é para seguir significativamente esse déficit que existe hoje e que será concentrado nos próximos dois anos. Mas acredito que ele terá sequencia nessa parceria que é muito proativa entre governo estadual e a Caixa Econômica”.

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!