Home»Eleições 2018»Marconi propõe criação de Fundo Nacional de Segurança Pública

Candidato ao Senado Federal, ex-governador defende unificação dos investimentos no setor, com entrada efetiva do governo federal na composição de fundo único

0
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp
(62) 9 8219-1904 Fale com o Diário do Estado

Candidato ao Senado Federal pela Coligação Goiás Avança Mais, o ex-governador Marconi Perillo tem entre suas propostas a criação de um Fundo Nacional de Segurança Pública que garanta recursos expressivos para o combate à criminalidade no País e assegure a efetiva participação da União nos investimentos para o setor. “O enfrentamento à violência é um desafio nacional, mas os investimentos estão concentrados nos Estados, sem a necessária participação da União”, disse o ex-governador neste domingo.

Segundo Marconi, o combate ao crime requer um sistema nacional que reúna e direcione investimentos e políticas públicas e integre as redes de inteligência e execução penal. “Isso é fundamental principalmente no combate às organizações criminosas, especialmente as que atuam no tráfico de drogas e armas, porque elas se movimentam em todo o território nacional e usam diversos pontos de nossas fronteiras para praticar o ilícito”, afirma o candidato.

O candidato ao Senado defende ainda, a aplicação de sanções para os países vizinhos que não atuarem para coibir o tráfico de armas e drogas.

“Os governadores sentem nos ombros, todos os dias, o desafio de comandar, sozinhos, a segurança. É preciso reunir todos os esforços nesse sentido e isso passa, necessariamente, pela União”, salientou Marconi Perillo.

Outra proposta do candidato é a redução de três para dois senadores como forma de redução de gastos públicos com a Casa, além da redução de privilégios de parlamentares.

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!