Médico do Araújo Jorge é indiciado por ‘prestar serviço’ para familiares de mortos

Profissional reconheceu exigir com frequência pagamento entre R$200 e R$400 para preenchimento de formulário de seguro de vida

Um médico, que não teve a identidade revelada, responderá judicialmente por cobrar dinheiro de familiares de pacientes falecidos do hospital Araújo Jorge. Ele exigia o pagamento de R$200 a R$400 para preencher formulários de seguro de vida, apesar de a prática ser vedada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM).

O caso chegou até a Polícia Civil no ano passado quando o filho de uma mulher em tratamento contra o câncer morreu e surgir a cobrança. Segundo o delegado Cleybio Januário, o homem decidiu fazer a denúncia por ter ficado indignado com a situação. Ele teria, inclusive, questionado uma funcionária da unidade.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

“Ele afirmou que a secretária teria dito se tratar de algo normal. O valor de R$200 que pediram a ele ainda seria barato e outros cobravam até mais. Ele chegou a pagar, mas procurou o Conselho Regional de Medicina em Goiás e também a ouvidoria do Araújo. O denunciante afirmou que até hoje não teve uma manifestação sobre a reclamação por parte da unidade de saúde”, detalha o delegado.

Em depoimento, o médico disse que não sabia que o preenchimento de formulários de apólices de seguro de vida era um crime. Foi ele mesmo quem informou à Polícia os valores cobrados e alegou que, se não atendesse ao pedido dos familiares, eles não poderiam resgatariam o valor. Legalmente, o procedimento correto seria apenas a cessão do prontuário médico.

LEIA TAMBÉM

• Vai pescar? Produtos apresentam variação de até 200%, em Goiânia• Suspeito de seis homicídios, jovem de 18 anos é preso em Goiânia• Vítima de atropelamento pelo ex, mulher deixa Espanha e volta a Goiânia

O profissional foi indiciado por corrupção passiva por ter vínculo de trabalho com hospital, que é credenciado ao SUS. O crime ocorre quando um funcionário público solicita ou recebe vantagem ou promessa de vantagem em troca de algum tipo de favor ou beneficio ao particular. 

 

Tags: