Home»Entrevistas»‘Mesmo que você se aceite obesidade é uma doença’, diz médico gastroenterologista
0
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp

A obesidade é o acúmulo de gordura no corpo causado, quase sempre por um consumo excessivo de calorias na alimentação, superior ao valor usado pelo organismo para a realização das atividades do dia a dia. Fatores genéticos podem influenciar, mas basicamente a obesidade acontece quando a ingestão alimentar é maior que o gasto energético correspondente.

Segundo o médico Joffre Rezende Neto, gastroenterologista, a obesidade é considerada a pior doença da humanidade, pois ela pode levar à uma serie de outras doenças que impactam na mortalidade. “O paciente obeso tem mais chances de desenvolver doenças cardiovasculares, infarto, AVC, problemas articulares, apneia do sono, refluxo, uma serie de tumores e câncer”.

Dados do IBGE apontam que no Brasil tem cerca de 27 milhões de pessoas consideradas obesas. A obesidade é diagnosticada através do cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC). Para fazer o cálculo, divide-se o peso (em Kg) do paciente pela sua altura (em metros) elevada ao quadrado. De acordo com o padrão utilizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), quando o resultado fica entre 18,5 e 24,9 kg/m2, o peso é considerado normal. Entre 25,0 e 29,9 kg/m2, sobrepeso, e acima deste valor, a pessoa é considerada obesa.

O Dr. Joffre Neto explica que para prevenir a obesidade é preciso uma conscientização da importância da atividade física e da alimentação adequada. “O estilo de vida sedentário, as refeições com alimentos industrializados, cheios de gordura e açúcar precipitam o aumento do número pessoas obesas, inclusive crianças.”diz.

 

Confira a matéria completa :

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!