Ministro Queiroga fala em rede nacional sobre situação da pandemia da Covid-19

Previsão é anuncio do final do estado de emergência e ainda um balanço das ações que o Governo Federal realizou desde a chegada da doença no Brasil

O Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, fará um pronunciamento em rede nacional as 20h45 deste domingo (17). Está previsto que o assessor do presidente Jair Bolsonaro (PL), faça um balanço das ações realizadas pelo Governo Federal em combate à Covid-19 e ainda anuncie a revisão da situação de emergência nacional por conta da pandemia.

O pronunciamento vai durar 5 minutos e a transmissão é de responsabilidade da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Recentemente o presidente começou a pressionar para que o Ministério da Saúde pensasse em rebaixar a Covid de situação de pandemia para endemia no Brasil decretando o fim da Emergência em Saúde Pública Nacional que está em vigor desde 2020.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Lembrando que a alteração do status da doença, que é considerada mundialmente como pandemia, só pode ser oficializada pela Organização Mundial da Saúde.

LEIA TAMBÉM

• Desemprego em Goiás recua 6,8% no segundo trimestre de 2022, aponta IBGE• Policarpo tem nova alteração de pressão e continua internado• Com quase 2,3 mil casos, varíola dos macacos já é ameaça nacional para Ministério da Saúde

Ainda durante o pronunciamento, o ministro Queiroga vai anunciar a flexibilização de medidas de segurança sanitária. Medida que foi trabalhada pelo Planalto, com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária e ainda o Ministério da Saúde. Entre os principais pontos mencionados estará o uso das máscaras e questões relacionadas ao teletrabalho e ainda regularização da telemedicina.

Estatísticas
De acordo com o painel da Covid do Governo Federal, até o último sábado (16) o Brasil tinha quase 662 mil  vítimas de Covid na pandemia.  São ainda contabilizados 661.960 óbitos e 30.250.077 casos registrados do novo coronavírus desde o início da pandemia.

Tags: