Jornal Diário do Estado

Moradores de Senador Canedo denunciam falta de água

Em vídeo, uma mulher se ajoelha e implora para que o prefeito de Senador Canedo dê atenção para o problema

Em um vídeo, uma moradora de Senador Canedo, não identificada, se ajoelha para implorar ao prefeito do município, Fernando Pellozo, atenção sobre o problema com falta de água. Ao Jornal Diário do Estado (DE), a prefeitura municipal informou que a Vila Galvão, onde a moradora fala sobre a falta de água, não está com problemas e que o abastecimento está normal.

Na filmagem, a mulher diz que há um tempo havia feito um vídeo sobre Senador Canedo, mas que dessa vez, estava gravando para suplicar por atenção. “Hoje, eu estou aqui, para pedir de joelhos, senhor prefeito: tenha piedade de nós. Nós não podemos viver sem água senhor Pellozo, tenha dó. Nós temos crianças em casa. As mulheres trabalham, chegam a noite e não tem uma gota de água para fazer comida, senhor prefeito”, afirma.

Em seguida, a mulher reforça o pedido. “Tenha misericórdia de toda a população de Senador Canedo. Inclusive, Galvão e Vila São João, nós não temos mais condições de viver desse jeito. Por favor, tenha dó de nós, tá bom? Muito obrigada”, disse.

Em outros vídeos publicados pelo portal Canedenses Goiás (CGO), os moradores também reclamam da falta de água. No primeiro, o residente mostra uma torneira que não saí água. Já no outro, uma mulher mostra a pia com louças e a máquina de lavar roupas com as peças sujas. “Vê se tem lógica? Sem água aqui nesse Marília [Residencial]. Olha, como tá a pia, lotada! Roupa, nem se fala. Cadê a água, prefeito? Pelo amor de Deus. Estamos morrendo de sede”, reclamou.

O portal publicou o conteúdo, sob contexto de que a nova onda de calor deve gerar uma temperatura de até 39°C em Senador Canedo e que a situação pode ser pior para alguns moradores do município que sofrem com a falta de água há mais de 15 dias.

O DE tentou entrar em contato com a Agência de Saneamento de Senador Canedo (SANESC), mas não teve resposta até a última atualização desta reportagem.

Veja o vídeo da mulher implorando pela atenção do prefeito de Senador Canedo: