Motorista diz que indígena que desceu do ônibus em Morrinhos está mentindo

Na tarde de ontem (07), um indígena da tribo Xavante, de 28 anos, procurou um posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) afirmando que foi abandonado próximo ao km 619 da BR-153, no trevo de acesso a Morrinhos. Segundo ele, o motorista do ônibus no qual ele viajava, com destino à Goiânia, parou o veículo no meio da rodovia, pediu a passagem, afirmou que ela era falsa e o obrigou a se retirar.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram
A PRF procurou pelo ônibus e o motorista, mas pelo horário das buscas ele já teria chegado ao destino final. Porém, por volta das 19h de ontem a corporação conseguiu contato com o motorista, que retornou ao posto policial. Ele alegou que assumiu a condução do veículo em Uberlândia, cidade onde reside, às 3h20 da manhã de ontem e às 06h foi realizada a parada para o lanche, em um posto de combustível localizado às margens da BR 153, em Goiatuba.

LEIA TAMBÉM

• Pedestre morre em acidente na BR-153, em Goiânia• Vídeo: Ônibus é guinchado por estacionar em local proibido, em Goiânia• Em surto psicótico, passageiro de ônibus é resgatado pela PRF na BR-060

Ao final dessa parada, às 06h30, todos os passageiros embarcaram quando o motorista teria sido procurado pelo indígena que, segundo ele, pediu para descer do ônibus. O motorista teria solicitado a presença de algumas testemunhas, para que se resguardasse. Mas logo depois, o índio teria desistido do pedido, retornou ao ônibus e seguiu viagem para Goiânia.

De acordo com o motorista, após percorrer aproximadamente 5 km o indígena começou a se debater e a incomodar diversos passageiros e ao aproximar-se de Morrinhos, ele começou a implorar para descer. O condutor teria pedido para que ele aguardasse, pois o deixaria no posto da PRF, entretanto, como o indígena estava em uma forte discussão com outro passageiro, ele optou por parar o ônibus no trevo de acesso a Morrinhos, quando o passageiro desceu, pegou um objeto o lançou no ônibus, sem causar danos.

O motorista deve se apresentar hoje na Delegacia da Polícia Civil de Morrinhos, que cuida das investigações do caso, para prestar depoimento.

Tags: