MP denuncia três jovens por estupro coletivo e morte de adolescente em Aparecida de Goiânia

Os crimes foram praticados em Aparecida de Goiânia contra um adolescente de 16 anos

O Ministério Público de Goiás (MPGO) denunciou os jovens Dionathan Warley Junior dos Santos, Diony Alves de Albuquerque e Igor Matheus Costa Rodrigues, (os três com idades entre 21 e 23 anos), pelos crimes de estupro coletivo, homicídio triplamente qualificado e destruição de cadáver. Os crimes foram cometidos em 14 de abril deste ano, em Aparecida de Goiânia contra uma adolescente de 16 anos.

De acordo com a denuncia entregue pela 5ª Promotoria de Justiça de Aparecida de Goiânia, a adolescente foi a uma festa na casa de um dos criminosos, e combinou de levar algumas amigas para “ficarem” com os outros dois denunciados.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Durante a festa, seriam consumidas drogas e bebidas alcoólicas, como a vítima não conseguiu levar as duas amigas, e no ambiente da festa não haviam outras mulheres, os três se uniram para estuprá-la. Segundo a denuncia, para ocultar o crime os três estrangularam a vitima até a morte. Na sequência Igor e Diony ficaram na residência, que fica localizada no Setor Garavelo, enquanto Dionathan levou o corpo da jovem até a Serra das Areias, onde ateou fogo no cadáver com o objetivo de dificultar a apuração dos crimes

Os réus estão presos temporariamente, e a denuncia pede a condenação dos três pelos crimes de, homicídio com as qualificadoras de emprego de asfixia para sua execução (meio cruel), com o uso de recurso que impossibilitou a defesa da vítima, destruição de cadáver e estupro coletivo contra vitima menor de 18 anos.

Tags: