Mulher é presa por esfaquear namorada após crise de ciúmes, em Goiânia

A vítima foi esfaqueada no estômago e deixada agonizando trancada em casa durante três dias

A Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios/DIH, prendeu, nesta quarta-feira (4), uma mulher de 30 anos de idade, suspeita de ter matado sua companheira após uma discussão no interior da casa onde moravam, no setor Sudoeste, em Goiânia. O crime aconteceu no natal do ano passado.

Segundo a polícia, o casal tinha uma relação bastante conturbada, sendo que no dia do crime, após ingerir bebidas alcoólicas, a mulher iniciou uma discussão com a vítima, deferindo golpes de faca na região abdominal da companheira.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Após golpear a namorada, a autora manteve a vítima trancada em casa por três dias enquanto ela agonizava. Somente após a companheira está bastante debilitada, a autora levou a vítima até o hospital. No entanto, ela veio a falecer no dia seguinte.

Inicialmente, a suspeita informou a polícia que a vítima teria sido golpeada por um terceiro, enquanto caminhava no Setor Bueno. Porém, após investigações, foi descoberto que a autora do homicídio seria a própria companheira da vítima que, motivada por uma crise de ciúmes e uma possível discussão, teria golpeado a vítima com uma faca.

Sendo assim, um pedido de prisão temporária da autora do crime foi requerido. Após autorização judicial, a mulher foi presa em Aragarças-GO, confessando o crime e dizendo está arrependida.

A mulher foi presa e encaminhada ao Poder Judiciário.

 

Tags: