Jornal Diário do Estado

Mulher é presa suspeita de tentar matar ex-namorada com 17 facadas, em Formosa

Suspeita teve ainda ajuda do irmão, que também foi preso e, constantemente, ameaçava a cunhada de morte

Uma mulher de 27 anos foi presa suspeita de tentar matar a ex-namorada com o auxílio do irmão, de 24 anos, depois de uma briga em Formosa, no Entorno do Distrito Federal (DF). Segundo o delegado responsável pela investigação, Yasser Yassine, o casal de irmãos desferiu 17 golpes de faca contra a vítima que sofreu perfurações por diversas partes do corpo como barriga, cabeça e braços.

O investigador diz que a agressora e a vítima, de 29 anos, mantinham uma relação conturbada com constantes brigas. No entanto, depois de uma discussão em outubro de 2019, elas resolveram romper a relação de 9 meses.

“Mesmo depois de terminarem o namoro, elas ainda continuaram se relacionando, mas com constantes brigas. A vítima disse que também era sempre ameaçada de morte pelo cunhado, principalmente depois de brigar com a companheira. No dia do crime a vítima foi à casa da suspeita. As duas estavam conversando quando o cunhado da vítima chegou e começou a dar as facadas, mas a irmã dele não chamou socorro e não fez nada para ajudar”, explicou.

Ainda de acordo com Yasser, os dois investigados negaram o crime. Porém, eles continuam detidos no presídio da cidade à disposição da justiça. Caso sejam condenados, eles podem pegar uma pena que pode variar de 15 a 30 anos de reclusão por tentativa de feminicídio.

Casal de irmãos negou crime / Foto: PC