Home»Cotidiano»Mutirama quebra recorde de público e recebe mais de 17 mil pessoas no fim de semana

Parque foi reaberto no último sábado pelo prefeito Iris Rezende e terá entrada gratuita

0
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp
(62) 9 8219-1904 Fale com o Diário do Estado



Este fim de semana entrará para a história do Mutirama, que recebeu 17.656 visitantes no sábado, (29), e domingo, (30). Jamais esse número de visitantes compareceu ao parque em dois dias de funcionamento, desde que foi inaugurado, em 1969. O local foi reaberto pela Prefeitura de Goiânia totalmente de graça para a população, novidade anunciada pelo prefeito Iris Rezende na cerimônia de reabertura.

A diversão foi garantida pelos 18 brinquedos disponíveis, além das áreas para convívio social e piqueniques. “A gente estava sentindo muita falta do Mutirama e de graça ficou melhor ainda. As crianças estão adorando”, disse a dona de casa Suelen Borges, que levou seus três filhos para passar o dia no parque.

‘Tudo saiu conforme planejamos. Nós vimos aqui famílias fazendo piquenique, jovens e crianças brincando, pessoas das mais diversas classes sociais com a mesma intenção, de se divertir. Essa foi a determinação do prefeito Iris, proporcionar lazer à comunidade goianiense, e foi o que fizemos’, afirmou o presidente da Agência Municipal de Turismo, Eventos e Lazer (Agetul) Urias Júnior.

‘Foi um ano e sete meses de trabalho. Primeiro o diagnóstico, depois os reparos dos brinquedos e a revitalização do espaço, sempre com o acompanhamento do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Goiás (Crea-GO) e Ministério Público’ explicou Urias.

Todos os servidores do parque, mais de 100, receberam treinamento. A qualificação inclui o funcionamento dos brinquedos e todos os protocolos de segurança.

Durante as férias de julho, o Mutirama estará aberto todo sábado e domingo. Nesta semana o parque abrirá na quinta-feira. Na próxima semana, a abertura será na quarta-feira e a partir da terceira semana o funcionamento começa na terça-feira.

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!