Nos pênaltis, Atlético-GO elimina Cuiabá e vai às oitavas da Copa do Brasil

Dragão empata em 0x0 no tempo normal, mas triunfa por 5x3 nas penalidades

O Atlético-GO conquistou a sua classificação na Copa do Brasil de 2022. Na Arena Pantanal, o Dragão empatou em 0x0 contra o Cuiabá. Como a partida de ida terminou em 1×1 no Antônio Accioly, a peleja foi para os pênaltis. Então, o clube goiano venceu por 5×3, com brilho do goleiro Ronaldo, e partiu para as oitavas de final. Ao garantir a vaga, o Atlético-GO faturou R$3 milhões no processo.

Cuiabá e Atlético-GO sem inspiração

Cuiabá e Atlético-GO não ostentaram atuações brilhantes na Arena Pantanal. Para falar a verdade, passou bem longe disso. Com pouca inspiração, as equipes tiveram poucas finalizações perigosas ao longo dos 90 minutos, e o empate sem gols foi a conclusão mais lógica para o duelo.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

No primeiro tempo, a melhor oportunidade saiu dos pés de Shaylon, do Dragão. Aos 33 minutos, o meia ficou com a sobra na entrada da área, posicionou o corpo e chutou com estilo em direção à meta. O goleiro Walter permaneceu parado e ficou apenas olhando a bola passar à sua esquerda, para fora.

LEIA TAMBÉM

• Dragão age rápido e contrata Jorginho para substituir Umberto Louzer• Clubes estabelecem contraproposta à Libra, nova liga do futebol brasileiro• Depois de mais uma derrota, Vila Nova demite o técnico Higo Magalhães

Na segunda etapa, o panorama continuou similar e o jogo ficou bastante amarrado. O Atlético-GO fez o que pôde para furar o bloqueio. Porém, nas poucas vezes em que chegou com perigo, Walter estava lá para intervir. Foi o que aconteceu na marca dos 39 minutos, com o arqueiro defendendo arremate forte de Luiz Fernando.

Em seguida, os dois treinadores começaram a promover alterações, claramente pensando na disputa de pênaltis. E foi exatamente isso que ocorreu.

A disputa de pênaltis

O Atlético-GO começou batendo. Airton assumiu a responsabilidade e não desperdiçou. No lado do Cuiabá, Alan Empereur também acertou. Na segunda cobrança goiana, Gabriel Baralhas estufou as redes. Na vez de Pepê, a estrela do goleiro Ronaldo brilhou e ele fez a defesa, colocando o Dragão em vantagem.

Léo Pereira bateu com estilo e sustentou os 100% de aproveitamento dos atleticanos. Uendel quase perdeu o seu, mas a bola encostou na trave e morreu no fundo do gol. Edson Fernando deslocou novamente o goleiro Walter. Isso significava que, se o Cuiabá perdesse mais uma cobrança, estaria eliminado. No entanto, Rodriguinho converteu.

A classificação então caiu nos pés de Marlon Freitas, que meteu uma cavadinha e mandou o Atlético-GO para as oitavas da Copa do Brasil.

Tags: