Notí[email protected]: Jales toma posse na Saneago, sem festa

Será empossado logo mais às 11:00 na presidência da Saneago o ex-prefeito de Goianésia, Jales Fontoura. Engenheiro civil e professor universitário, 66 anos, Jales é filho do ex-governador Otávio Lage de Siqueira, fundador do Jales Machado, um dos maiores grupos agroindustriais do Estado. Não haverá festa. O Conselho Deliberativo se reunirá para proceder à posse do novo presidente. Além dos conselheiros e do empossando, apenas o secretário Vilmar Rocha (Secima) – órgão controlador da Saneago – participará do ato.

Novos títulos

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram
Um bom samaritano para muitos, o secretário Vilmar Rocha foi chamado de Richelieu, pelo governador Geraldo Alckimim (PSDB-SP), em Goiânia, em referência ao grande estadista francês.

LEIA TAMBÉM

• PT e PP juntos no Mato Grosso podem aproximar Lula do agronegócio• Facebook é multado em mais de R$ 10 milhões por tráfico de animais silvestres• Cármen Lúcia envia à PGR indícios da interferência de Bolsonaro na investigação do MEC

Resposta
E por falar nele, o professor Vilmar Rocha deu uma sábia resposta há poucos dias há provocações que colocavam dúvidas sua lealdade à base, ao cunhar: “Eu construí a base”. Vilmar é aliado e Marconi Perillo desde sua primeira eleição de governador, em 1998.

Cereja do bolo
E possivelmente por causa da grande demanda pelo apoio de Vilmar Rocha a projetos dentro da base, já houve quem o comparasse recentemente até como a “cereja do bolo” da base aliada.

O leitor já prestou atenção que desde que foi suscitada aqui, ainda em novembro, a tese de possível aliança entre a base e o PMDB, em 2018, o assunto não saiu mais do noticiário?

Só o tempo dirá
Por mais que dois lados alguns discordem, outros admitem e outros não descartam e assim o tempo vai passando. Veja que no PMDB nem o prefeito Iris Rezende descarta 100% essa possibilidade. Vamos ver no que vai dar. Mas a impressão que se tem é que esse assunto insiste em não ser esquecido nas pautas do noticiário.

Campanha fortaleceu Jovair
É quase consenso no meio político de que pelo menos no plano estadual, se o deputado Jovair Arantes (PTB) não ganhou com a candidatura a presidente da Câmara, também não perdeu. “Ficou do mesmo tamanho”, disse um dirigente partidário. Mas saiu fortalecido nacionalmente, mesmo perdendo para Rodrigo Maia, avalia o político.

Kajuru 2018
Mesmo com nove pontos à frente do segundo colocado, numa simulação para senador, o vereador Jorge Kajuru (PRP) garante que será candidato a deputado federal, em 2018. A simulação foi feita por um dos maiores institutos de pesquisa do País nas 30 maiores cidades do Estado, para um partido político.

Falta estrutura
A preferência do vereador Kajuru pela candidatura de deputado a de senador, segundo afirmou, é a falta de estrutura para suportar uma campanha de senador. Kajuru está correto em sua análise: uma candidatura majoritária para disputar com alguma chance de sucesso necessita de estrutura.

Mudança no PV
Há especulações na cidade segundo as quais o vereador Gustavo Cruvinel (PV) deverá assumir a presidência do Diretório Metropolitano do partido.

TCM por um fio
Por pouco o TCM – Tribunal de Contas dos Municípios não foi extinto, pela segunda vez. Conforme informações colhidas na corte, se o conselheiro Honor Cruvinel insistisse em não se aposentar, um projeto de lei extinguindo o órgão teria sido encaminhado à Assembleia. O TCM foi extinto no governo de Maguito Vilela (PMDB) (1995-1998) e recriado um mês depois.

A luta por vaga
Para a vaga de Honor Cruvinel foi nomeado o deputado Walcenor Braz (PTB), no dia 1º de dezembro, como já de conhecimento público. Apenas para lembrar como que, às vezes são surgidas as vagas de conselheiros em tribunais de contas: meio a ferro e fogo.

Próximo da fila
Um dos próximos a ser indicados para cargo de conselheiro no TCM deverá ser o secretário de Articulação Política, Sérgio Cardoso, que é cunhado do governador Marconi Perillo. Sérgio faz política com Marconi desde quando ele era deputado estadual.

Lula sobre Marisa
“Companheira, se a Galega vier num calor desse aqui ela derrete”, declaração de Lula, arrancando gargalhada geral da plateia, ao responder a curiosidade de uma mulher, do motivo de dona Marisa não ter estado presente ao ato de inauguração da Ferrovia Norte-Sul, nas imediações de Porangatu, norte do Estado, em 21 de setembro de 2010.

Correção
Não houve prisão de nenhuma lista de nomes pela Polícia Federal, em 23 de março de 2016, de nomes citados na Lava Jato, como saiu publicado na edição anterior desta coluna. Nossas escusas.