Novo padre dirigente da Afipe promete adequar o estatuto da entidade

Padre André Ricardo de Melo está disposto a fazer mudanças na instituição

Nesta segunda-feira, dia 5, integrantes do Ministério Público de Goiás se reuniram com o novo presidente da Associação Filhos do Pai Eterno, o padre André Ricardo de Melo. A reunião teve como pauta a tomada de providências sobre o estatuto da organização.

É preciso, segundo o Ministério Público, que o estatuto seja alterado afim de garantir maior integridade da gestão e adequação à legislação vigente. Fabiana do Prado, coordenadora da área de patrimônio do Terceiro Setor do Centro de Apoio Operacional do MP, afirma que as inúmeras ilegalidades apuradas podem levar até à extinção da associação.

Já o novo reitor, padre André Ricardo, garantiu que é de interesse da Afipe fazer todas as adequações necessárias. Agora, um fator novidade pode (ou não) trazer mudanças neste cenário.

Um dia após a reunião, neste terça-feira, dia 6, o Tribunal de Justiça arquivou as investigações no caso Padre Robson, que fica, por enquanto, inocentado de todas as acusações de desvio de recursos da instituição, da qual era presidente.

A qualquer nova informação, você será atualizado.

Tags: