Número de fatalidades triplicou nas rodovias estaduais durante o Carnaval

Segundo dados da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), as mortes decorridas de acidentes em rodovias estaduais triplicaram durante o período do Carnaval, se comparadas ao ano passado. Nove mortes foram registradas em 2017 contra três em 2016.

O número de multas também subiu. Nesse ano mais de 26 mil multas foram aplicadas. Esse número representa um aumento de mais de 300%. De acordo com o coronel Vitor Hugo Benevides Souza, comandante do Policiamento Rodoviário, a maior parte das multas se deve ao motorista não ter ligado o farol durante a viagem de dia. As outras mais comuns foram o não uso do cinto de segurança e o excesso de velocidade.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Entretanto, o número de acidentes foi reduzido entre a sexta-feira (24) e terça-feira (28) em relação a 2016. Segundo a polícia, 32 acidentes foram registrados e 59 pessoas ficaram feridas. Cerca de 15 mil veículos foram fiscalizados nas rodovias estaduais.

LEIA TAMBÉM

• Mortais, linhas cortantes são vendidas a R$ 20 em Goiânia e Aparecida• Motoristas de app: rotina de trabalho pesada e falta de apoio das empresas• De volta: Festas juninas chegam a movimentar R$100 milhões em Goiás

Vale lembrar que esse balanço é referente apenas as rodovias estaduais já que a Operação Carnaval da Polícia Rodoviária Federal (PRF) vai até o fim desta quarta-feira (01) e só será divulgado na quinta-feira (02).

Tags: